terça-feira, 28 de outubro de 2014

Deu PT, e agora?

Dilma Rousseff venceu às eleições, mas encontrará sérias dificuldades pela frente, como congressistas conservadores, oposição feroz, enfraquecimento da figura do Lula, e um país dividido entre "norte" e "sul".

Por Alexandre Vastella

O país acordou triste, vermelho, de ressaca moral. Pois é, deu PT. Não obstante os escândalos de corrupção, o apadrinhamento estatal, a crise econômica, a desmoralização das forças armadas, e as tentativas de usurpar a democracia através de censura e de golpes de estado, a leviandade venceu a sensatez. Novamente, para a tristeza da nação, Dilma Rousseff foi eleita Presidente do Brasil com 51,63% dos votos, contra 48,36% de Aécio Neves. Será a próxima chefe do executivo nacional por mais quatro longos anos. Já dizia Nelson Rodrigues: "a unanimidade é burra". Paciência. Democracia tem dessas.

Não há motivos para intervenções militares e separatismos, e sim, para unir o Brasil. Apesar da derrota, não há (tantos) motivos para pânico.. Se Lula e Dilma, até então, governaram o país praticamente sem dificuldades, o cenário vai se modificar drasticamente á partir de 2015, freando as loucuras socialistas do PT. A eleição do congresso "mais conservador desde 1964"; a oposição mais forte e organizada desde 2002; o fim do inquebrável Lula messiânico; a fragmentação geográfica do eleitorado nacional; e à longo prazo, a ascensão da direita no Brasil, poderão representar sérios entraves ao totalitarismo petista, e enterrar de vez o projeto de poder do partido. Veja as pedras no sapato que Dilma terá que encarar até 2018:

Pedra no Sapato 1 - Congresso conservador

Para conseguir implantar os projetos bolivarianos do PT, Dilma Rousseff (poder executivo) precisará de apoio no poder legislativo. Entretanto, ao contrário do que ocorreu nos outros mandatos, inclusive em seu anterior, este apoio será bem mais difícil à partir de 2015. De acordo com dados do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (DIAP), o Congresso Nacional em 2015 será o mais conservador desde 1964, com o aumento de militares, religiosos e ruralistas. Ainda que seja um "conservadorismo" disperso, manco e caricato. Somente Jair Bolsonaro (PP), Luiz Carlos Heinze (PP) e Marco Feliciano (PSC), figuras tradicionalmente odiadas pela esquerda, totalizaram mais de um milhão de votos! De acordo com levantamento do Jornal Folha de São Paulo, a bancada evangélica passará de 71 membros para 80; a ruralista, de 60 para 70; e a da segurança, passará a ter 20 parlamentares.

Se você acha que o PT é todo-poderoso, conheça um dos Congressos mais pedra-no-sapato da história!
Além disso, o Jornal O Globo aponta que a base governista encolheu: o PT perdeu 18 deputados, e o PMDB, 13, facilitando os futuros projetos da oposição. Esse enfraquecimento também foi observado no Senado Federal, que perdeu dois senadores governistas e ganhou um oposicionista - 53 à 27 (2010) contra 51 à 29 (2015) - consolidando nomes como Álvaro Dias (PR), Kátia Abreu (TO), Ronaldo Caiado (DEM), e José Serra (PSDB). Assim, o aumento dos setores oposicionistas no Congresso deverá ser eficaz ao barrar projetos que firam a liberdade individual como o Decreto 8.243, a Reforma Política e a Constituinte, meninas dos olhos do PT.

Pedra no Sapato 2 - Oposição fortalecida

Sufoco para os vermelhos. Esta foi a eleição mais acirrada desde a redemocratização do Brasil em 1985. Acostumada com a vitória fácil - como em 2002, em 2006, e em 2010 -  certamente a cúpula do PT não esperava o perrengue destas eleições. De fato, é a primeira vez que a aura messiânica do Lula [próximo item] não é traduzida em votos dóceis e garantidos para o partido. Levando em consideração a elevada taxa de abstenção (21%) e a porcentagem de votos válidos em Dilma (48%), conclui-se que a maior parte da população NÃO votou em Dilma Rousseff. O PT representa a minoria do povo brasileiro.

Como raras vezes na história da política nacional, o descontentamento tomou as ruas. Houve atos pró-Aécio espontâneos em dezenas de cidades do Brasil. Somente em São Paulo, foram quase 20.000 manifestantes distribuídos em dois dias de protesto (22 e 25/outubro), que clamaram contra a corrupção, contra o aparelhamento estatal, e contra as diretrizes do PT. Eu estava em ambos, e era fácil captar a onda de revolta e inconformismo no ar. Como disse José Serra, no carro de som: "tratou-se de um momento histórico", talvez a maior manifestação desde as Diretas Já (1985) ou o Movimento Estudantil Brasileiro (1992).

Ato Pró-Aécio em São Paulo (foto minha).Isso era INIMAGINÁVEL nas eleições anteriores.
A história prova que presidentes impopulares como Getúlio Vargas (era democrática), Jânio Quadros, João Goulart e Fernando Collor, embora eleitos, não conseguiram governar devido à falta de aprovação dos diferentes setores da sociedade, como vem acontecendo com Dilma Rousseff. E a maioria está contra o PT: o empresariado, o setor agrícola, a classe média, a maçonaria, as igrejas protestante e católica, e as forças armadas constituem setores amplamente insatisfeitos. Pouco antes das eleições, o Datafolha apontou que 26% dos brasileiros reprovavam o governo Dilma, e 39% o achavam regular, totalizando uma massa de 65% de descontentes. Na mesma pesquisa, a aprovação era de apenas 25%.

Pedra no Sapato 3 - Fim do "Lula messiânico"

O sucesso das reformas econômicas implementadas pela gestão tucana de Fernando Henrique Cardoso (1994-2002), marcadas pelo Plano Real - redução da inflação de 2.477,15% (1993) para 7,67% (2001) (IPCA/IBGE), pelas privatizações, e pelo controle de gastos através da Lei de Responsabilidade Fiscal, foram responsáveis pela retomada do crescimento econômico e pela melhoria da qualidade de vida da população. Já com a economia em ordem, bastaria o próximo governo ampliar os programas sociais iniciados por FHC no final de seu mandato, que visavam a redução da fome e a redistribuição de renda.

Não foram só as reformas tucanas. O favorável cenário econômico internacional, caracterizado pelo crescimento chinês e pela alta no preço das commodities também forjaram o Lula messiânico, o mito Lula, o Deus Lula, ou o salvador dos pobres. Virou até filme: Lula, o filho do Brasil. Um falso herói, que garantiu a vitória esmagadora do PT em 2006, e em 2010; neste último elegendo sua cria política. Dilma Rousseff.

Nas últimas eleições, não obstante o apoio de Lula, Tarso Genro perdeu às eleições para o governo do Rio Grande do Sul, e Alexandre Padilha sequer chegou ao segundo turno em São Paulo, surpreendendo grande parte da cúpula do PT. A própria Dilma Rousseff, mesmo usando capital político do ex-metalúrgico, venceu com apenas 51% dos votos válidos. O que aconteceu, Lula?

Messianismo dura pouco. Não existe milagre: economia fragilizada, aparelhamento estatal, elevada carga tributária, volta da inflação, baixo crescimento, e corrupção generalizada foram, pouco à pouco, desmistificando o "Lula salvador" e manchando a imagem do PT no imaginário popular. Pela primeira vez na era lulo-petista, o Sr. Luiz Ignácio está desmoralizado, e Dilma Rousseff deverá caminhar com suas próprias pernas. Nem síndico de prédio Lula consegue mais apoiar.

Pedra no Sapato 4 - Cisão nacional

Contraditoriamente, é a primeira vez na história deste país, que a luta-de-classes idealizada por Marx e vociferada pelo discurso de ódio do PT, pode se virar contra o próprio feiticeiro. A política do "nós contra eles" pode ser um tiro no pé. Explico.

Apesar dos resultados apertados nesta eleição, a cisão geográfica foi bastante nítida na preferência dos candidatos. A maioria dos eleitores dos estados das regiões sul, sudeste, e centro-oeste votaram em Aécio Neves; mas o 13 de Dilma Rousseff predominou no norte e no nordeste do país. Ora, mas por que isto pode ser uma pedra no sapato do PT?



Independentemente das razões que provocaram essa cisão - são muitas, e não pretendo analisá-las aqui - é evidente que houve uma clara polarização entre "sulistas" e "nortistas" nesta eleição. Os "nortistas", vitoriosos com Dilma, saíram tranquilos desta apuração. Porém, a população "sulista", que já estava cansada com o PT, saiu amargamente derrotada. Assim, democraticamente falando, Dilma NÃO está representando esta população, que na linguagem marxista é a "detentora dos meios de produção". Assim, ao contrário do que ocorreu nos dois primeiros mandatos de Lula, o "amiguinho dos banqueiros", Dilma poderá ser a inimiga política da elite econômica e da chamada "classe pensante" do país.

Pedra no Sapato 5 - Onda liberal-conservadora

A longo prazo, a pedra no sapato definitiva na vida do PT poderá ser a organização e a partidarização das diferentes correntes ideológicas agrupadas no espectro político da "direita", que segundo pesquisa divulgada pelo Datafolha no início deste ano, tem adesão de 45% da população brasileira. Como não existem partidos liberais, libertários e conservadores no Brasil, este segmento representa um grande órfão eleitoral, ficando refém da tradicional polarização PT x PSDB.


Este cenário está mudando com uma velocidade surpreendente. Quebrando um jejum de vários anos sem oposição liberal, o Partido Novo conseguiu unir mais de 500.000 assinaturas e registrar sua sigla no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), um projeto fundamental para o Brasil. Os libertários estão se unindo através do Liber, partido que defende o livre mercado e as liberdades individuais. Na ala conservadora, existe o Partido Militar Brasileiro (PMB), que segundo os criadores, é "a solução para endireitar o Brasil". Tudo isso está ocorrendo simultaneamente.

Nas eleições municipais de 2016, o já existente Partido Novo poderá lançar candidatos, inundando as prefeituras do país; e talvez em 2018, já tenha uma estrutura adequada para formar presidenciáveis. De uma forma ou de outra, a hegemonia da esquerda está sendo quebrada com o surgimento de futuras novas lideranças e coligações, e o principal prejudicado deverá ser o projeto de poder do PT.

--

Conclusão: chorar na Cantareira, uma ova! O gigante acordou!
Por Alexandre Vastella

Fontes:

http://politica.estadao.com.br/noticias/eleicoes,congresso-eleito-e-o-mais-conservador-desde-1964-afirma-diap,1572528

http://g1.globo.com/politica/eleicoes/2014/blog/eleicao-em-numeros/post/pt-e-pmdb-encolhem-mas-mantem-maiores-bancadas-no-congresso-psdb-cresce-na-camara.html

http://www1.folha.uol.com.br/poder/2014/10/1529052-mais-conservadora-camara-deve-barrar-acoes-liberalizantes.shtml

http://zh.clicrbs.com.br/rs/noticias/eleicoes-2014/noticia/2014/10/luis-carlos-heinze-e-o-campeao-de-votos-gaucho-para-o-congresso-4614760.html

http://eleicoes.uol.com.br/2014/noticias/2014/10/05/bolsonaro-rj-e-eleito-deputado-federal-no-rj-com-o-maior-numero-de-votos.htm

http://noticias.gospelmais.com.br/400-mil-votos-marco-feliciano-reeleito-deputado-federal-71685.html

http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/saiba-quem-sao-os-27-senadores-eleitos

http://g1.globo.com/jornal-hoje/noticia/2014/10/recompor-base-governista-no-congresso-sera-desafio-para-dilma.html

http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/ato-pro-aecio-reune-10-mil-em-sp-repulsa-a-roubalheira-mobiliza-manifestantes/

http://datafolha.folha.uol.com.br/opiniaopublica/2014/09/1509007-governo-dilma-e-aprovado-por-35-dos-brasileiros.shtml

http://divulga.tse.jus.br/oficial/index.html

http://www.idealsoftwares.com.br/indices/ipca_ibge.html

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2004/lei/l10.836.htm

http://g1.globo.com/politica/eleicoes/2014/blog/eleicao-em-numeros/post/dilma-vence-em-15-estados-aecio-em-12-e-no-df.html


quarta-feira, 22 de outubro de 2014

5 contra-argumentos IRREFUTÁVEIS para DESTRUIR petistas para sempre!

Veja quais são os cinco argumentos mais utilizados pelos petistas e saiba como desconstruí-los de forma poderosa, definitiva, e praticamente irrefutável. Não é exagero: a razão está do nosso lado!

Ultimamente, devido às eleições, tenho me envolvido em dezenas de debates infrutíferos com lambedores de salto de Dilma Rousseff e petralhas chatos de plantão. Quem é leitor assíduo do blog pôde inclusive, ter percebido que as postagens diminuiram de frequência aqui no blog. Antes de pedir desculpas pela ausência, tenho que dizer que, modéstia à parte, venci todas as discussões, deixando os lulistas em cólera com as suas respectivas ignorâncias, o que me rendeu uma saraivada de xingamentos e difamações. Por pouco, não sou devorado pela militância histérica do PT.

"Dããã Tucalha reaça!"
Ficar lutando na trincheira ideológica, enfim, me deu prática suficiente para lapidar alguns contra-argumentos preciosos, golpes certeiros e poderosos que  até agora imobilizaram TODOS os petistas que encontrei pelo caminho. Curioso para saber quais são? Aí estão os principais:





DESTRUINDO DISCURSOS PETISTAS COM CONTRA-ARGUMENTOS PODEROSOS

1 - "No governo de FHC a população passava fome! Mas no governo do PT, a miséria diminuiu! Se você vota no PSDB, você é a favor da pobreza! Insensível!"

"PSDB é contra a 
redução da pobreza."
Contra dados não há argumentos: os indicadores sociais de pobreza e fome realmente melhoraram na era petista. Durante os governos Lula e Dilma, houve a emergência da classe C, a retomada do consumo e a melhoria das condições sociais como um todo. Mas esse crescimento aconteceu APESAR do governo, e não POR CAUSA do governo. Explico:

- O governo Fernando Henrique Cardoso governou um país DESTRUÍDO pela inflação galopante e pela grave recessão dos anos 1980, provocada pelos efeitos da Crise do Petróleo e do fim do Milagre Brasileiro, tendo que lidar com graves crises mundiais, como a asiática, a argentina, a russa e as intempéries na bolsa de valores. Mesmo enfrentando uma TEMPESTADE de problemas internos e externos, FHC estabilizou a economia através do Plano Real, privatizou as empresas públicas ineficientes e retomou o crescimento do Brasil, botando a casa em ordem! É ou não é de se admirar?

- Quando Lula tomou posse na presidência em 2003, o contexto internacional era TOTALMENTE diferente de quando FHC assumiu em 1994. Na primeira década do século, o crescimento chinês alavancou o preço das commodities (soja, carne, minério; enfim, tudo que o Brasil produz), e provocou uma demanda internacional por esses produtos, aumentando as exportações nacionais e dinamizando a economia. Além de assumirem com a CASA EM ORDEM, os políticos do PT se aproveitaram de um CONTEXTO INTERNACIONAL FAVORÁVEL, privilégio que o PSDB não teve na década de 1990.

- Quem faz o país crescer é a iniciativa privada, através do agronegócio, da indústria, dos serviços, e da tecnologia; e não através benesses do governo. Durante o mandato de Dilma, o Brasil cresceu menos que a média mundial, menos que a média latino americana, e menos que TODOS os países dos BRICS. Logo, se o governo não fosse TÃO INTERVENCIONISTA, poderíamos aproveitar melhor o contexto internacional favorável desse início de século, crescendo MUITO MAIS.

2 - "Mas e o Bolsa Família? Não teve papel nesse crescimento? Hein tucanalha?"

"Direitistas não gostam de 
pobres" 
Na maioria dos casos, os petistas irão dizer que o Bolsa Família - que representa menos de 1% do PIB nacional - foi um dos responsáveis pela melhoria da qualidade de vida da população, sobretudo nas regiões mais carentes como o Nordeste, tirando milhões de pessoas da pobreza. Existem inúmeros estudos e dados que endossam esse argumento, então NÃO tente dizer que "é preciso ensinar a pescar o peixe", ou que "o bolsa família é uma compra de votos", porque isso realmente NÃO funciona no debate político. NÃO cometa esse erro, até porque o próprio Aécio Neves irá expandir o programa. Então, para desarticular os militantes vermelhos, diga o seguinte:

- O PSDB foi o verdadeiro pai do Bolsa Família: Fernando Henrique Cardoso criou o Bolsa Escola, o Bolsa Alimentação, e o Auxílio-Gás. Em 2001. Lula, o espertalhão, simplesmente reuniu todos esses benefícios, roubando a paternidade do programa para si. Ao contrário do que dizem os alarmistas, se eleito, Aécio Neves vai MANTER e AMPLIAR os benefícios concedidos. Inclusive, se FHC tivesse sido reeleito para um terceiro mandato, provavelmente teria feito a mesma coisa, pois o Bolsa Família está alinhado com a social democracia tucana. 

- O Bolsa Família é de origem liberal. Ainda nos anos 80, Milton Friedman, em Capitalismo e Liberdade, sugere que o governo deva adotar um programa de "imposto de renda negativo" para combater a fome e beneficiar os mais pobres. Voltando ainda mais no tempo, nos anos 1950, o economista austríaco Friedrich Hayek possuía escritos com propostas semelhantes. O que os petistas chamam de "direita insensível", foram, paradoxalmente, os verdadeiros criadores do Bolsa Família! (esse é um argumento polêmico para os liberais, mas como esquerdistas não os lêem como nós, não saberão rebatê-lo)

3 - "O PSDB privatizou o país, entregando nossas riquezas para os estrangeiros! O PT não é assim!"

"FHC entregou o país, traidor!"
Esse é o argumento mais fácil de rebater:

- A privatização só trouxe benefícios para o Brasil. Linhas telefônicas da estatal TELEBRÁS  eram caras e praticamente inacessíveis, mas a empresa privada TELESP universalizou o acesso ao telefone no país. A Vale do Rio Doce, acusada de ter sido "vendida à preço de banana," cresceu de forma assustadora depois da privatização, gerando atualmente MAIS DINHEIRO em impostos do que gerava em LUCROS para o governo nos anos 1990. As estradas paulistas, que foram privatizadas pelo PSDB, são as melhores do Brasil. A privatização do BANESP e do BANERJ acabou com a farra dos bancos públicos, e a privatização da Rede Ferroviária Nacional alavancou o setor ferroviário no Brasil. Não adianta pestanejar: a privatização tucana DEU CERTO SIM! Deveriam aproveitar e privatizar a Petrobrás também, expulsando toda a corja petista de lá!

- O PT, que tanto criticou as privatizações de Fernando Henrique Cardoso, tomou os mesmos rumos quando assumiu o poder. Além de ter privatizado vários aeroportos, e leiloado o Pré-Sal, o PT privatizou o Correio e a Petrobrás para SI, utilizando-as para fins políticos. Assim como Lênin, Fidel Castro e Deng Xiaoping já sabiam, Lula e Dilma SABEM que até mesmo o socialismo precisa de uma dose de "capitalismo selvagem", pois economia planificada é uma aberração IMPOSSÍVEL.

- Os países de economia livre como Nova Zelândia, Austrália, Suíça, Canadá, Hong Kong, Coréia do Sul e Singapura, possuem alto IDH e excelente qualidade de vida. Já os países de economia fechada como Cuba, Coréia do Norte, e Venezuela, são verdadeiros infernos na Terra. E aí!? Em que grupo você quer colocar o Brasil!?

4 - "O PT criou 20 universidades federais, e o PSDB, nenhuma!"

"Lula criou 20 
universidades, FHC nenhuma"
Normalmente quando surge esse argumento, os defensores de Aécio se calam. Mas temos que considerar duas premissas aí:

- Se hoje qualquer um faz faculdade, agradeça à Fernando Henrique Cardoso, que promoveu uma política de universalização do ensino superior. Nos anos 1990, o PSDB estimulou a criação de faculdades e universidades privadas, expandindo a formação superior no Brasil. Além disso, a maior parte das universidades supostamente criadas pelo PT, são na verdade, instituições que JÁ EXISTIAM antes de Lula e Dilma governarem. Dos 20 pólos citados pela propaganda do PT, 10 foram fusões ou renomeações de universidades criadas anteriormente. Assim fica fácil, né? 


"E o PSDB!?"
5 - "Não adianta criticar a corrupção do PT, porque o PSDB também é corrupto! E a Privataria tucana hein!?"

A corrupção não é exclusiva à nenhum partido, e QUALQUER UM que argumente que "o PT é mais corrupto", irá perder a razão. Apesar dos INÚMEROS casos de bandidagem ocorridos na última década, os petistas numa discussão CERTAMENTE se lembrarão da compra de votos para a reeleição de FHC, do cartel no Metrô de São Paulo, das propinas nas privatizações, do Mensalão Mineiro, e de outros casos, como o Aeroporto de Cláudio e o Helicoca. Como a sujeira é generalizada, fica realmente difícil provar que "O PT é mais corrupto". Para uma avaliação honesta e isenta, seria necessário conhecer TODOS os casos dos DOIS PARTIDOS e somar os prejuízos. Como VOCÊ NÃO IRÁ FAZER ISSO, não caia na armadilha! Diga o seguinte:

- Independentemente do partido, existe corrupção em todas as esferas de governo: municipal, estadual e federal, e em praticamente todos os órgãos públicos. Obviamente, em empresas privadas a corrupção é muito menor! Portanto, quanto MENOS ESTADO, MENOS CORRUPÇÃO. Entretanto, durante os últimos doze anos, o PT agigantou a máquina pública, acarretando no aumento dos casos. O PSDB tem propostas interessantíssimas para a redução do estado, o que irá provocar a redução natural da corrupção. Então é 45!

- Os corruptos do PT foram transformados em heróis: mesmo com todas as provas, José Dirceu e José Genoíno foram considerados "vítimas"; Lula - o chefão mor - "não sabia de nada"; e vaquinhas foram feitas para pagar as multas dos condenados do mensalão. Desde quando Dilma assaltou o cofre do governador Adhemar de Barros, até quando disse recentemente em debate que "qualquer um está sujeito a corrupção", a verdade é que roubar faz parte do próprio modus operandi do socialismo petista. Entretanto, ao contrário do PT, os membros do PSDB nunca se orgulharam de seus podres.

CONCLUSÃO

Esses argumentos são INCRIVELMENTE PODEROSOS, sendo praticamente impossível derrubá-los. Beba deles sem moderação!

-

OBS: O certo seria citar a fonte de tudo isso, mas tomaria um tempo que definitivamente não tenho. Se alguém tiver dúvida em algum item, poderei prestar maiores esclarecimentos nos comentários. 

sábado, 4 de outubro de 2014

100 Motivos para NÃO votar no PT. Sim, 100!


"Quando digo que o PT está estragando o país, e que um ser humano normal NÃO DEVE VOTAR nessa corja, me chamam de "coxinha sem noção", "fascista", ou coisa pior. Por isso, elenquei 100 (CEM, CEM, CEM!) motivos para NÃO VOTAR NO PT. Poderiam ser MAIS, MUITO MAIS...

Faço um apelo: NÃO VOTE NO PT, CAZZO! Tome 100 bons motivos pra NÃO FAZER ESSA CAGADA NO DIA 5:

Texto enviado pelo leitor Alexandre Vastella, em parceria com o Diário de um Ex Comunista.

1 - O PT quer implantar um regime socialista totalitário no Brasil.

2 - O PT faz parte do Foro de São Paulo, que é o maior inimigo da democracia aqui na América Latina.

3 - O PT protagonizou o maior escândalo de corrupção do país: a compra de votos do Mensalão.

4 - O PT está implantando o Decreto Bolivariano, que submete o governo à um grupo semelhante aos "sovietes" da URSS.

5 - O PT está tentando se perpetuar no poder, através do aparelhamento estatal e da reformulação das leis do país. Conspiração nada!

6 - O PT não é um partido ideologicamente coerente, pois apesar de ser "socialista", dá dinheiro aos banqueiros e aos empresários ricos.

7 - O PT quebrou a Petrobrás, transformando-a num antro de corrupção e num cabidão de empregos.

8 - O PT protagonizou o escândalo da Refinaria Pasadena, que causou um prejuízo de mais de 1
bilhão. E o Petrolão, hein?

9 - O PT aumentou inutilmente a quantidade de ministérios, chegando a vultosos 39, aumentando a ineficiência do estado.

10 - O PT nomeou vários ministros corruptos, que no início do mandato da Dilma, foram exonerados.

11 - O PT inchou o estado brasileiro, num intervencionismo ultrapassado, amarrando e atrasando o progresso econômico do país.

12 - O PT aparelhou a Polícia Federal com "amigos do partido", que produziam dossiês falsos contra opositores.

13 - O PT mandou assassinar Celso Daniel, que era o responsável pela coleta de verba ilegal para o PT.

14 - O PT trata Genoíno e Dirceu - bandidos corruptos, como se fossem heróis salvadores da pátria.

15 - O PT aparelhou o Supremo Tribunal Federal com aliados mansinhos, com a exceção de Joaquim Barbosa, que é um "traidor".

16 - O PT está aliado com o PCC (gestão Haddad) através de vereadores. E lembram da Marta que legalizou as vans do PCC?

17 - O PT apoia a violência no campo e o terrorismo agrário promovido pelo MST.

18 - O PT é a favor do agronegócio, mas fica de flerte com o MST. Decide né?

19 - O PT é a favor da política indianista da FUNAI, que causa desemprego, alcoolismo e prostituição nas reservas indígenas.

20 - O PT promoveu a política de cotas, que é a institucionalização do racismo no Brasil.

21 - O PT é a favor do aborto, e como 80% da população é contra, sempre que esse assunto surge, Dilma posa de "santinha".

22 - O PT, através do Ministério da Saúde, produziu cartilhas ensinando a usar mifepristona, substância abortiva.

23 - O PT apoiou a distribuição do kit-gay para o público infantil, passando por cima da liberdade familiar.

24 - O PT queria implantar a PL122, que limitava a liberdade de expressão dos religiosos acerca da homossexualidade.

25 - O PT implantou a Política Nacional de Direitos Humanos, que reforça os velhos estereótipos marxistas de "opressão patriarcal".

26 - O PT e o MEC, inclusive, promevem a doutrinação ideológica nas escolas, institucionalizando o gramscismo no país.

27 - O PT sucateou as forças armadas, a exemplo do que vem fazendo Chavez.

28 - O PT escancarou as fronteiras nacionais, resultando no aumento do tráfico de drogas e na onda de imigração haitiana.

29 - O PT fez a gente passar muita vergonha na comunidade internacional....

30 - O PT doou 25 milhões de reais ao grupo terrorista Hamas.

31 - O PT, através de Dilma Rousseff, pronunciou-se contra a intervenção americana na Síria.

32 - O PT não retaliou Evo Moralez quando este nacionalizou as instalações da Petrobrás.

33 - O PT aceitou passivamente renegociar o valor da energia produzida em Itaipú, vinda do Paraguai.

34 - O PT, durante os conflitos no Oriente Médio, condenou as ações defensivas de Israel.

35 - O PT apoia o grupo terrorista, sanguinário, e criminoso, das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC)

36 - O PT ficou do lado de Nicolás Maduro durante a onda de protestos na Venezuela.

37 - O PT criticou a espionagem americana, mas utiliza a ABIN para espionar adversários políticos.

38 - O PT não se manifestou, ou manifestou-se timidamente, contra o assassinato de brasileiros no Suriname.

39 - O PT mantem uma sólida amizade com os ditadores Fidel Castro e Raul Castro, tiranos natos.

40 - O PT perdoou a dívida de vários países africanos, custeadas com nosso dinheiro.

41 - O PT não se manifesta sobre a cristofobia, sobre os direitos humanos na China, e sobre as prisões na Coréia do Norte.

42 - O PT apoiou o Almajinehad (Irã) na polêmica sobre as usinas nucleares.

43 - O PT da Dilma faz discursos patéticos como a vez que ela cantou parabéns a Ban ki Moon, ou quando comparou uma criança a um cachorro.

44 - O PT de Lula faz discursos patéticos (de novo sim!), como quando atribuiu a consciência ambiental à Terra ser redonda.

45 - O PT de Lula, também disse que o DEM deveria ser "extirpado" da política nacional. Que democrático, não?

46 - O PT é contra a homofobia, mas Lula disse que Pelotas era uma "exportadora de viados".

47 - O PT abrigou o presidente deposto Manuel Zelaya durante a crise em Honduras.

48 - O PT condeceu asilo político ao terrorista Cesare Battisti, expulso da Itália.

49 - O PT financiou um moderníssimo porto em Cuba, mesmo com nosso país caindo aos pedaços.

50 - O PT financiou o metrô de Caracas, de Hugo Chavez, sendo que o de São Paulo é um dos mais lotados do mundo.

51 - O PT financiou uma hidrelétrica na Nicarágua, mas aqui em São Paulo falta água e energia.

52 - O PT jogou rios de dinheiro fora com a malsucedida transposição do Rio São Francisco.

53 - O PT desperdiçou muita grana com a Ferrovia Transnordestina, que ainda não ficou pronta.

54 - O PT superfatorou absurdamente as obras da Copa, engordando o bolso de muita gente.

55 - O PT disse que depois da Copa a economia ia melhorar, e não melhorou.

56 - O PT, por falta de eficiência na gestão aeroviária, provocou um grande apagão aéreo em 2006.

57 - O PT, mesmo assim, financiou aeroportos internacionais no continente africano.

58 - O PT, apesar de todos os desastres, é contrário à privatização das empresas públicas.

59 - O PT, deveria saber que não é papel do estado sair construindo coisas por aí. Belo Monte é um exemplo disso.

60 - O PT, por sua vez, privatiza para si as estatais como a Petrobrás e os Correios, utilizando-as para fins particulares-políticos.

61 - O PT utilizou os Correios para prejudicar a campanha de Aécio Neves, e distribuir folhetos da Dilma "de graça".

62 - O PT utilizou a Petrobrás para subsidiar o preço do álcool e da gasolina com nossos impostos.

63 - O PT não soube respeitar a Lei de Responsabilidade Fiscal, gastando mais do que podia.

64 - O PT fez com que a inflação voltasse a ser um tema preocupante para os brasileiros.

65 - O PT fez com que o Brasil crescesse menos do que os BRICS desde a crise de 2008.

66 - O PT, inclusive, foi arduamente contra o Plano Real na época que FHC era ministro.

67 - O PT, na época de FHC, fazia oposição ferrenha aos escândalos de corrupção do PSDB. Quem te viu quem te vê!

68 - O PT (Lula) era contra Sarney e Collor, mas hoje são todos amiguinhos fofos.

69 - O PT elegeu Lula, que confessou não gostar de ler e mentir estatísticas nos debates.

70 - O PT elegeu Dilma, que assassinou o soldado Marcio Kozel Filho na ditadura militar.

71 - O PT elegeu a mesma Dilma, que assaltou o cofre do governador Adhemar de Barros, também na ditadura.

72 - O PT elegeu Lula, que era informante do DOPS, o vulgo "Barba".

73 - O PT instalou a Comissão da (des)Verdade, para punir os militares assassinos e, contraditoriamente, inocentar terroristas assassinos.

74 - O PT elegeu Lula, que tinha uma amante chamada Rosemary, que ficou rica de repente!

75 - O PT elegeu Lula, que tinha um filho, o "ronaldinho dos negócios", que limpava merda de elefante no zoológico, mas ficou riquíssimo do nada.

76 - O PT governa os piores estados do Brasil, com os piores índices socioeconômicos, como Piauí e Acre.

77 - O PT implantou a censura da mídia, através do Marco Civil.

78 - O PT possui uma militância virtual (MAV), especializada em espalhar mentiras pela internet.

79 - O PT, inclusive, fez uma lista negra de jornalistas, que deveriam ser combatidos virtualmente.

80 - O PT cortou verbas estatais das emissoras de Raquel Sheherazade (SBT) e Paulo Eduardo Martins, porque falavam mal do governo.

81 - O PT, ao contrário, financia blogs progressistas com dinheiro da Petrobrás e da Caixa Econômica Federal.

82 - O PT adora controlar a imprensa. Lula dá palestras para Irineu Marinho (Globo) e Dilma vai tomar cafezinho com Lili Marinho (Globo).

83 - O PT queria implantar uma lei reduzindo a publicidade infantil, o que iria aumentar a dependência das TVs à verba estatal.

84 - O PT, depois de cristalizado no poder, tentou impedir a criação de partidos novos no congresso.

85 - O PT queria implantar a PEC 37, que proibia o Ministério Público de investigar.

86 - O PT, depois de Joaquim Barbosa ter "falado demais", queria aprovar a PEC 33, que submetia o STF à autoridade do congresso.

87 - O PT mandou importar 10.000 médicos cubanos, que possuem regime de trabalho escravo.

88 - O PT paga a esses médicos, somente 25% de seu salário, ficando o resto do dinheiro para Fidel Castro.

89 - O PT regulamenta excessivamente a criação de novos cursos de medicina, por isso médicos ganham bem e são raros.

90 - O PT defende o Mercosul, que é um quintalzinho inútil, mas é contra a ALCA, que iria aumentar o nosso comércio com os EUA.

91 - O PT é protecionista demais, impedindo que brasileiros adquiram bens no exterior.

92 - O PT é protecionista demais (2), impedindo que a indústria se desenvolva como deveria.

93 - O PT desestimula o empreendedorismo com uma carta tributária de 40%, uma das maiores do mundo.

94 - O PT cria leis que prejudicam o trabalhador, como a PEC das domésticas.

95 - O PT, através do Estatuto do Desarmamento, proibiu o porte de armas no Brasil, carcerando a liberdade individual.

96 - O PT, talvez por isso, governa um país no qual 60.000 pessoas são mortas por ano.

97 - O PT praticamente nada fez pelas penitenciárias do Brasil, sendo inclusive, contra sua privatização.

98 - O PT, inclusive, é publicamente contra a redução da maioridade penal.

99 - O PT aumentou o teto do auxílio-reclusão, que pode dar quase 1.000 reais por mês à famílias que tenham parentes presos.

100 - O PT mente sistematicamente, todos os dias, e depois Dilma diz que "mentir é coisa de gente sem caráter".

E AÍ!? VAI CONTINUAR VOTANDO NO PT!? ENTÃO VÁ PRA PUTAQUEPARIU!"

Enviado pelo leitor: Alexandre Vastella

Leia também:
13 Motivos para NÃO votar no PT