domingo, 22 de junho de 2014

Mais 5 xingamentos esquerdistas frequentes: Como se defender

Coxinha! Homofóbico! Machista! Demo-tucano! Elitista! Quando acabam os argumentos da esquerda, somos xingados mesmo! Afinal, "reaças" não têm coração e merecem se ferrar, né! Aprenda a defender-se!

Seja uma discussão política no barzinho ou no Facebook, o cenário é o mesmo: no começo, o esquerdista típico tenta argumentar na defesa de sua ideologia marxista. Depois, ao ser rechaçado e acuado por um “direitista”, apela para golpes baixos: visando uma última esperança de vitória moral, começa a xingá-lo, desqualificando-o perante os demais. Quem nunca passou por isso, não é mesmo?

É por isso que a postagem “5 xingamentos esquerdistas frequentes: como se defender” tornou-se um fenômeno instantâneo, sendo  uma das páginas mais acessadas do blog. Agora vamos à continuação, desta vez refutando as acusações de coxinha, homofóbico, machista, demo-tucano e elitista. 

IMOBILIZANDO O INIMIGO:

1 - SEU COXINHA!

Resposta A) Pelo menos aqui em São Paulo, “coxinha” é o apelido pejorativo para o policial que ao invés de prender bandido fica comendo salgados na padaria. Por essa lógica, “coxinha” é quem gosta de comer de graça, o famoso almoço grátis.  E querer ganhar dinheiro sem trabalhar é coisa de vagabundo esquerdista!!

Resposta B) Nos protestos de julho, militantes recebiam 50 reais e um pão com mortadela para protestar. Então se “coxinha” é o cara de direita, o esquerdista é o “mortadelinha”!  Mortadelinha! Mortadelinha! Mortadelinha! (cantar musiquinha)

Resposta C) Em caso de ofensas pessoais, e em último caso com a discussão já perdida, solte essa: “Já reparou como as coxinhas são gordas? São grandes demais embaixo (barriga) e pequenas demais em cima (cérebro), assim como você!” kkkkkkkkkk

Coxinhas pelo menos são gostosas! Então eu sou uma gostosura, né?












2 – SEU HOMOFÓBICO!

Resposta A) “Fobia” vem de medo, e eu não tenho medo de homossexuais. Homofóbico mesmo é Che Guevara, que fuzilava gays!

Resposta B) “Homofobia” pode designar deste o sujeito que mata homossexuais com lâmpadas (criminoso), até o padre que está somente professando a sua fé (liberdade de expressão). Essa palavra é um caso típico de novilíngua, descrita por George Orwell em 1984. A tática é usar a mesma palavra para gradações diferentes, fazendo qualquer um sentir-se culpado. E essa manipulação é típica das esquerdas. OBS: Esse argumento também vale para o item “3 – Seu Machista!”.

Resposta C) Essa é útil quando você se depara com um gay ofendido: “Não sou contra os gays. Assim como os heterossexuais, eles devem ter a liberdade de casarem e fazerem “amor” com quem desejarem. Mas se vocês querem igualdade, o que acho justo, que igualdade seja feita! O fato de vocês terem orientação sexual diferente não os torna superiores a mim.” 

Não seja homofóbico:
Não tenha medo de gays!











3 – SEU MACHISTA!

Resposta A) Sou a favor da igualdade de direitos e deveres entre homens e mulheres (essa frase já quebra um pouco a raivinha das feministas), mas sabia que meninos têm pintos e meninas têm vaginas? Os gêneros devem ser iguais no âmbito jurídico, mas no biológico jamais o serão.

Resposta B) Estuprar não é machismo, é filhadaputisse. Bater em mulher também. Senão, bater em homens seria o que? Contramachismo? Ou femismo? 

Resposta C) Desmobilizar uma feminista através da zoeira:

Você: “Quando vocês (mulheres) escolhem caras ricos e bombados, não é machismo não, ô criatura?”
Ela: “Não ligo pra músculos e dinheiro, mimimi...”. 
Você: “Então você ficaria comigo né?"
Ela: “Com você não! Argh..."

Contradição detected! The zoeira never ends! \o/

"Não seja machista! Não siga os padrões de beleza: fique comigo!" 
4 – SEU DEMO-TUCANO!

Resposta A) Não sou social-democrata, voto no PSDB por falta de opção. Aliás, o DEM também não é direita, é de centro. Aliás, sabia que não existe partido de direita no Brasil? Sabia que vocês (esquerdistas) dominam todo o espectro político? Reclamar de barriga cheia! Que feio!

Resposta B) Se apresentar qualquer sinal de direitisse é ser “tucano”, então você é um petralha! Petralha! Petralha! Petralha! (fazer igual o Kiko do Chaves). 

Resposta C) Em caso de defesa do PSDB: “Tucanos roubam também (metrô, CPTM, etc), mas o PT foi o primeiro partido a institucionalizar a corrupção comprando votos. Além disso, quero ver petista ter a coragem que FHC teve, fazendo o Plano Real e privatizando as empresas pelo bem do Brasil”. (neste momento, se prepare para uma saraivada de chiliques).

Vai se achando não: vou votar em você por falta de opção!











5 – SEU ELITISTA! 

Resposta A) Elitista mesmo é Fidel Castro, Che Guevara e Kim Jong-Un, que usam rolex no pulso! E a esquerda caviar também né? É muito fácil para José de Abreu, Maitê Proença e Wagner Moura defenderem o socialismo ganhando milhões pela Globo, não é mesmo? 

Resposta B) O capitalismo é o melhor modelo econômico para salvar os pobres. Graças a ele um favelado hoje em dia vive melhor do que um senhor feudal na idade média. Televisores, computadores, roupas, remédios, e até mesmo o Big Mac nasceram graças ao capitalismo! Ou vai dizer que pobre não gosta de um rolezinho com tênis Nike e camiseta Acrombie? Tsc Tsc...

Resposta C) Utilizando a tecnologia e a revolução verde, o capitalismo tirou milhões de pessoas da pobreza. Enquanto isso, o comunismo causou fome, miséria e privações de toda a natureza. Governos de esquerda só prejudicam os mais pobres! E aí, esquerdinha? Quem é elitista agora, hein?

Essa é a mansão de Fidel Castro. Quem é elitista agora, hein!?

Esse artigo que você acabou de ler tem o
Abraços e boa discussão!
Diário de um Ex Comunista


Comentários
17 Comentários

17 comentários :

  1. Senhores do DIÁRIO DE UM EX-COMUNISTA, quero avisá-los que nem todo homossexual é promíscuo e nem todo promíscuo é homossexual, da mesma forma que nem todo padre é celibatário e nem todo celibatário é padre, pois existem homossexuais mais castos e educados do que muitos heterossexuais por aí e assim sucessivamente. Isso significa que sou radicalmente contrário às afetividades extraconjugais, mesmo nos namoros ou nos noivados, como afagos, amplexos, cócegas, euquímanos, ósculos e outras. Ou seja, nada de toques físicos fora do himeneu, mesmo que seja para cumprimentar alguém, mesmo entre parentes. Evitemos os extremos, como absolutismos e relativismos, anarquias e totalitarismos, ascetismos e hedonismos, bioquices e licenciosidades, capitalismos (Teses), comunismos ou socialismos (Antíteses) ou Novas Ordens Mundiais (Sínteses), feminismos e machismos, sacrilégios e santimônias e assim sucessivamente. Nem tudo deve ser estatizado, da mesma forma que nem tudo deve ser privatizado. Tudo tem limites, até mesmo o amor. Por isso, quero-lhe dizer que sou constitucionalmente centrista-integralista, ou seja, nem tudo da direita, nem tudo da esquerda, pois isso significa que sou radicalmente contrário aos abortos, aos bullyings, aos escravolabores, aos namoros com menores de 18 anos ou aos entre eles (pedodatias), aos pedolabores (mesmo os artísticos e os esportivos) e assim sucessivamente. Agradeço-lhes de todo o meu coração! Desejo-lhes uma Próspera Copa do Mundo de Dois Mil e Catorze! Obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leonardo, seres humanos são absurdamente diferentes entre si. Sendo assim também sou contra qualquer tipo de generalização.

      Também achei interessante a sua colocação sobre extremismos. Estou escrevendo um post duplo sobre os erros da direita no Brasil e esse é um dos tópicos que vou abordar.

      Em relação às afetividades, acho extremamente positivo que você tenha uma moral sólida e consistente. Como diria Russell Kirk, as sociedades pautadas no "certo" e no "errado" são melhores do que sociedades inconsequentes e relativistas. Entretanto, também defendo a liberdade individual: acho que cada casal deve estabelecer seus limites de forma particular, sem se preocupar em seguir à regras sociais rígidas.

      Obrigado e abraço.

      Excluir
    2. Senhores do DIÁRIO DE UM EX-COMUNISTA, quero avisá-los que não saúdo qualquer um por aí. Teve uma vez que rejeitei uma saudação dum drogado dada a mim de "Feliz Ano-Novo" no Revelhom de 2012 para 2013, pois sentia em meu coração que esta saudação era hipócrita, como um amplexo de Décimo Bruto ou um ósculo de Judas Iscariotes, por isso, minha rejeição a ela. Também houve um caso duma menina chamada "Rachel Clemens Coelho" que rejeitou um euquímano dado a ela pelo Presidente João Batista de Oliveira Figueiredo, da mesma forma que houve um caso dum homem chamado "August Landmesser", que se recusou a fazer a saudação nazista e assim sucessivamente. Por isso, quero alertá-los que devemos fugir das más companhias, pois elas corrompem os bons costumes. Citar-lhes-ei um ditado que tem o mesmo sentido: "QUEM COM PORCOS SE MISTURA FARELO COME". Agradeço-lhes de todo o meu coração! Desejo-lhes uma Próspera Copa do Mundo de Dois Mil e Catorze! Obrigado!

      Excluir
    3. Leonardo, muito interessante a mensagem! Para ser sincero, perdi muitas amizades devido à política. Quando você chama o pessoal para tomar cerveja e comer churrasco todos são seus amigos, mas quando você compartilha uma postagem do Reinaldo Azevedo no Facebook você vira o monstro assassino. A maioria desses esquerdistas não têm paciência nenhuma para discutir numa boa, já vêm xingando e metendo o pé no peito mesmo. E isso mesmo nossos amigos mais próximos.

      A história do August Landmesser é bastante curiosa. Era do Partido Nazista mas era casado com uma judia. Sua filha foi mandada para o campo de concentração, e ele morreu em uma batalha defendendo os nazistas que tanto o ferraram.

      Abraço e obrigado!

      Excluir
  2. Descobri esse blog por acaso e me identifiquei de cara. Fui comunista, fã do Che e achando tudo muito lindo e intelectual. Até visitar Cuba (presente da minha mãe- ''burguesa'' - amo demais essa mulher =) uma vez lá é que eu vi o desastre que é essa tal ''revolución''. Depois que deixei o partido (sim, era afiliada!!!kkkkkkkkkk) passei e ler bastante sobre o assunto e questionar esse mundo que eu tanto criticava e acabei pensando na sua mesma linha de pensamento. Obviamente que sou taxada de burguesa direitista opressora e contra as mulheres (!) - detalhe: não casada nem tenho filhos e não é porque o casamento é uma opressão do homem e da sociedade, muito menos sou contra a família, é uma questão de momento e se um dia esse momento chegar, me entrego feliz da vida e sem neura nenhuma. Enfim, queria deixar registrado que é muito bom ver gente que se questiona e tem neurônio suficiente pra mudar suas convicções quando lê/vê/estuda pra concluir que os argumentos vistos são melhores do que os (pseudo)argumentos passados. Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, você foi para Cuba! Deve ter sido interessante conhecer a experiência socialista na prática. Se quiser, te ofereço uma postagem aqui no blog para divulgar os relatos da viagem! Seria interessante socializar (sem trocadilhos, rs) essas informações.

      Quem são "contra as mulheres" são as feministas que tentam impor uma ideologia de gênero antinatural e supremacista. Os seres humanos devem ser livres para casarem ou não, sem serem taxados de "reacionários". A liberdade deve ser para todos, e não somente para as feministas histéricas.

      Bom, parabéns pela mudança e abraço!

      Excluir
  3. só pra constar: a ''opressão do homem e da sociedade'' foi uma ironia! =D

    ResponderExcluir
  4. E quando alguém que critica o capitalismo e não é comunista, que xingamento recebe, Petralha, bolivariano, dinossauro?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pessoas que criticam o capitalismo raramente são xingadas. Eu sei porque já estive do outro lado participando de N discussões políticas.

      Mesmo assim, perante aos olhos da sociedade "fascista, sem coração e classe média" é muito mais ofensivo que "petralha" ou "bolivariano" haha

      Excluir
  5. Esquerdistas geralmente são feios e burros. Fracassados e invejosos, preguiçosos, vitimistas e coitadistas, desordeiros, descontrolados, desorientados. Geralmente apoiam a criminalidade sob a premissa de que a sociedade é injusta e os bandidos são vítimas da sociedade.
    São anti polícia e anti família.

    ResponderExcluir
  6. Kkkk essa é boa, típico argumento de direitista é vai pra cuba, nunca falam nenhum argumento inteligente ou sólido

    ResponderExcluir
  7. Se capitalismo fosse tão bom quanto dizem, não precisaria da mídia alienando a massa, não precisaria de gente fazendo propaganda anti comunista. E nem precisaria os EUA terem invadido e destruído o Vietnã, só falta você falar agora que aquecimento global é culpa do comunismo, e que o futuro colapso capitalista por falta de recursos naturais para o manter foi obra de comunistas kkk

    ResponderExcluir
  8. Nunca vi nenhum direitista que seja intelectual ou tenha um QI alto

    ResponderExcluir
  9. Se dependesse de burguesinhos e seus aliados políticos nem direitos trabalhistas vocês tinham, nem férias, o que só importa pra eles é aumentar a merda do seu lucro, acha que vai pro inferno e vai levar seu dólar com ele kkk

    ResponderExcluir
  10. Gosta de ser explorado, desperdiçar sua vida trabalhando de segunda a sexta, oito horas por dia, numa coisa que não lhe dá prazer pra fazer grana pra outro cara, kkk

    ResponderExcluir
  11. Esse anônimo personifica perfeitamente aquilo que Álvaro Vargas Llosa chamaria de "perfeito idiota latino-americano". Fala do QI dos outros, mas não apresenta argumentos, mal sabe escrever e complementa frases com "kkk". Não sabe a diferença entre livre mercado e Estado (que tem a ver guerra do Vietnã com capitalismo?). Não sabe história. É ignorante em filosofia política e não sabe o que constituem "direitos". Fora que aparenta ser vagabundo, pois sugere que trabalhar é uma coisa ruim. Provavelmente é um piá sustentado por papai e mamãe.

    Parabéns, Anônimo! Muito obrigado por deixar registrado para toda a Internet a completa falência intelectual e moral da esquerda.

    ResponderExcluir

Não seja um esquerdista chato, comente civilizadamente!

Mais dúvidas? Pergunte-me em: http://ask.fm/diariodeumexcomunista