sábado, 27 de julho de 2013

O que os comunistas esquecem: O ser humano é mau

O maior problema da sociedade não é a organização econômica, mas sim o seu próprio elemento constituinte: o ser humano. Sendo este mau por natureza, é impossível uma sociedade atingir a perfeição. 

Um dos maiores males que a mentalidade revolucionária pode proporcionar é, por incrível que pareça, a crença na bondade humana. É muito fácil botar a culpa em bodes expiatórios - ou melhor, rebanhos expiatórios e esconder a verdadeira faceta dos problemas mundanos atuais. Afinal, as mazelas da sociedade podem a grosso modo, se resumir a uma única frase: o ser humano é inerentemente mau, ou pelo menos, o possui em carga elevada. Como diria João Pereira Coutinho: "Sou um cético. Entendo os apelos da perfeição, mas como alguém diria, sei que estes apelos são piores do que um crime - são um erro".

Ao contrário do que pregam os esquerdopatas em sua vigarice intelectual, uma sociedade perfeita é fundamentalmente impossível, pois o elemento que a constitui - o homem, está muito longe da perfeição. Até uma criança de quarta série compreenderia isso, trata-se de lógica elementar: não é possível um omelete de ovos podres ser um omelete perfeito. Simples assim. Neste aspecto, a maioria das religiões - como catolicismo, islamismo e judaísmo, crêem que Deus reservou-lhes o paraíso fora da Terra, somente para os homens bons. Entendem que paraísos terrenos como os descritos por Thomas More (1478 - 1535) e Aldous Huxley (1894 - 1963) são, infelizmente inviáveis.

Jardim do Éden, o último regime político perfeito que existiu na Terra. 
Muito diferente de Cuba, não é?

Desta forma, um dos principais motivos pelo qual o comunismo não deu certo é a sua crença cega e infundada no ser humano. Para Marx a origem das mazelas sociais não estaria na natureza mesquinha do homem, mas sim na organização socioeconômica ineficiente e na (má) distribuição das riquezas. Trata-se de uma visão equivocada, pois para ele o homem seria essencialmente bom, mas estaria corrompido pelo capitalismo, ou pelo sistema econômico vigente.

O que Marx não contava é que regimes comunistas - que paradoxalmente tentavam perfectibilizar a sociedade, serviram de palco à incontáveis de atos de violência, genocídios e violação dos direitos humanos, compondo um dos modelos políticos mais sanguinários da história. Na tentativa de viabilizar um paraíso terreno, verdadeiros assassinos como Stálin, Pol Pot, Mao Tsé Tung e Che Guevara derramaram milhões de litros de sangue vermelho ao redor do mundo.

As famosas ossadas de Pol Pot. Na tentativa de fazer um mundo perfeito, o comunismo deixou mais de 150 milhões de mortos.

Ora, se para eles o problema seria justamente o capitalismo, por que os regimes não-capitalistas foram ruins? Sendo ingênuos ou vigaristas - pouco me importa, o que os comunistas esqueceram foi de aprender um pouco mais sobre a natureza mesquinha do ser humano. Esqueceram-se que o proletário coitadinho ao subir no poder, imediatamente transformava-se quase que em um passe de mágica, no burguês maldoso que eles tanto combatiam. Não é nenhuma novidade que governantes de países comunistas vivem em igual ou maior luxo que os magnatas das grandes corporações, como avantajados burgueses de colarinho branco - ou de farda militar e charuto (tem gosto para tudo).

Pouco importa ou interessa a organização político-econômica de uma sociedade, sempre, sempre, e sempre, haverão estruturas de poder claramente definidas. E por mais que Stálins transformem trabalhadores em ossadas, estes jamais conseguirão alterar a composição de um ser humano egoísta e individualista. Enfim, almejar um mundo perfeito é a maior imperfeição que alguém pode ter.


*Do livro Por que Virei a Direita: Três intelectuais explicam sua opção pelo conservadorismo
Comentários
8 Comentários

8 comentários :

  1. É como diz Olavo de carvalho: no comunismo ninguém quer ser operário, mas sim altos funcionários do partido.

    ResponderExcluir
  2. Por incrível que pareça é possível atingir uma sociedade que se não perfeita, pelo menos quase, mesmo o ser humano sendo mau. É só criar uma organização político-econômica que sua estrutura impeça os maus de fazerem maldades e que as pessoas só se beneficiem nesta estrutura política-econômica se praticarem o bem.

    Eu concordo que o comunismo não é este tipo de organização, pois a organização comunista faz com que aqueles que ficam no topo tenham poder total para exercer maldades.

    O tipo de organização que impediria de os maus terem liberdade de fazerem maldades seria o tipo de organização que tirasse a concentração de poderes nas mão de poucos e desse poder igual a todos de tal forma que impedisse os maus de praticarem maldades

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Peter, intencionalmente ou não, você acaba de descrever como seria um governo baseado nas liberdades individuais; no livre mercado; no estado mínimo; e no respeito às tradições.

      Essa troca de benefícios é característica de governos livres e democráticos. Nenhuma tirania de esquerda consegue reproduzir isso.

      Excluir
  3. Eu creio na natureza má do ser humano, mas é o meio, e o modo como ele é criado e educado que fará a diferença, e a disciplina imposta a ele que o moldará e o encaminhará numa existência benéfica e útil á sociedade. Os esquerdistas também sabem disso, mas preferem apostar no fracasso total das instituições, sonhando que depois vão conseguir por ordem na casa quando assumirem o poder. Se sabemos da natureza cruel do ser humano, todo o esforço deve ser voltado para as crianças, criando nossos filhos, com amor, ensinando-os a amar o ser humano, mais do que ao seu cachorrinho, seu gatinho, não que não se deva amar os animais também, mas principalmente, devemos amar sobretudo o ser humano em primeiro lugar, o homem e sua prole humana, porque somos nós, os papéis se inverteram tanto, que a vida de um animal vale mais do que a vida humana, isso tem que mudar, devemos mudar esse quadro atual de desvalorização do ser humano. eu amo a minha espécie, e faria qualquer sacrifício por qualquer ser humano, porém, o crime contra o ser humano,deve ser combatido na pessoa do criminoso, bandido deve ser banido da existência, quem comete um crime contra a vida de um inocente deve pagar com a vida, para que não continue sua sina criminosa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente! Concordo totalmente! Lendo sua postagem consegui opor à uma série de pensamentos esquerdistas:

      Deve-se abolir a família (Marx e Gramsci)
      "o modo como ele é criado e educado que fará a diferença"

      O que serve à revolução é moral, o que não serve é amoral (Trotsky)
      "Os esquerdistas também sabem disso, mas..."

      Tudo no estado, nada contra o estado e tudo pelo estado (Mussolini)
      "preferem apostar no fracasso total das instituições"

      O ser humano nasce bom mas é corrompido pela sociedade (Rousseau)
      "natureza cruel do ser humano"

      Animais são iguais à seres humanos (Pete Singer)
      "ser humano em primeiro lugar"

      Bandidos são vítimas da sociedade (Racionais MCs, Maria do Rosário, Sakamoto, etc, etc, etc)
      "bandido deve ser banido da existência"

      Muito bom!



      Excluir
  4. Boa dia administrador do Blog "Diário de um Ex-Comunista", estou aqui para repassar um conteúdo que recebi por corrente de e-mail, é um documentário sobre Stalin, muito esclarecedor, se puder rapasse adiante, divulgue!

    A imagem de capa do vídeo já diz tudo...
    http://goo.gl/qfOCib

    Segue abaixo o texto retirado do e-mail:
    --

    Stalin - O Assassino Comunista - Documentário
    https://www.youtube.com/watch?v=ybBRrzdQF20

    Você já viu este documentário no Youtube? Encontrei e achei muito pertinente divulgar, é chocante, pois mostra a verdadeira face do comunismo e das esquerdas do Brasil, o que eles querem para a América latina.

    É preciso ver e se possível atender aos pedidos do dono deste canal, ajude a divulgar também.

    Stalin - O Assassino Comunista - Documentário
    https://www.youtube.com/watch?v=ybBRrzdQF20

    Ajude a divulgar as atrocidades que o Comunismo já causou, compartilhe e faça sua parte, pois é preciso mostrar para as pessoas todo o mal que esta ideologia nefasta já causou e vem ainda causando na humanidade, por favor se possível baixe o vídeo e republique em seu canal, ajude a compartilhar informação o conhecimento, pois ainda são nossas melhores contra esta ideologia assassina!

    Utilize os links abaixo para fazer o download:
    Download aqui: http://goo.gl/bslocG

    Você também pode assistir o vídeo no Vimeo:
    https://vimeo.com/88541922

    Imagem de Capa do Vídeo
    http://goo.gl/qfOCib

    Titulo Original: (Stalin, o tirano vermelho)
    Documentário produzido pelo canal M6 francês com o auxílio do historiador especialista em comunismo,
    Nicolas Werth. Foi lançado em 2007 na França (Staline: le tyran rouge) e na
    Espanha (TVE2 - Stalin, el tirano rojo) em 2012. Colorizado - áudio em espanhol.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marcos! Muito obrigado pela indicação. Vou assistir e depois comento aqui!

      Excluir

Não seja um esquerdista chato, comente civilizadamente!

Mais dúvidas? Pergunte-me em: http://ask.fm/diariodeumexcomunista